Loading...

Como montar o seu micro para trabalhos em 3D

Home / Tecnologia / Como montar o seu micro para trabalhos em 3D

Muitos dos alunos de Sketchup nos perguntam qual seria uma boa configuração de micro para se trabalhar com maquete eletrônica. Sem nos prendermos a muitas questões técnicas e complexas, passaremos duas versões com base em custo/benefício e desempenho. Portanto, sobre configuração de Macintosh não opinaremos. Nossa experiência é baseada em PCs com Windows.

1. Configuração ideal: Intel i7, 16GB memória RAM e placa de vídeo 2GB (esta configuração ainda pode ser melhorada, colocando-se o dobro de memória RAM)

2. Configuração mínima: Intel i5, 8GB memória RAM e placa de vídeo 2GB

Quanto melhor for o conjunto “processador-memória RAM-placa de vídeo” melhor desempenho sua máquina terá para executar o trabalho de 3D. É aí que entra o custo/benefício. Se não puder optar por um topo de linha, obtém-se uma máquina com custo aceitável porém com desempenho sofrível em alguns momentos. Como a tecnologia caminha a passos largos, um simples upgrade significaria praticamente comprar um micro novo em vez de simplesmente colocar mais memória RAM. Se puder optar pelo topo de linha, a necessidade de fazer upgrade não se torna tão urgente. A decisão vai depender justamente do tipo de trabalho que você precisa fazer.

Uma outra coisa é a placa de vídeo. Ela é a responsável por administrar e controlar as funções de exibição do seu monitor. Quanto melhor a configuração, mais suave é o seu trabalho com cenários complexos. Opte por modelos que venham com placa de vídeo dedicada em vez da placa de vídeo integrada.

Quanto melhor for o conjunto “processador-memória RAM-placa de vídeo” melhor desempenho sua máquina terá para executar o trabalho de 3D. Atualmente, existem notebooks gamers com excelente custo-benefício em comparação com os notebooks de uso normal de escritório já que as configurações são mais parrudas, especialmente para alto desempenho.

Sobre os micros AMD, ainda não temos uma opinião baseada em experiência própria. Basicamente, as nossas dicas são fruto de nosso cotidiano trabalhando em máquinas Intel. Gostaríamos ainda de um dia, fazermos um teste de desempenho num AMD. Por enquanto, o que dizem por aí é que ele tem um desempenho ligeiramente inferior aos Intel, o que explica o preço baixo dos micros com processador AMD. É o tal do custo/benefício.

E por fim, compre a sua máquina numa loja de informática de sua confiança para montá-la de acordo com o seu perfil. Evite comprar em grandes lojas de departamentos pois as configurações são muito básicas. Evite também ir a uma outra cidade só porque o preço é melhor. Pois se o micro der “zica”, você teria que ir até esta “cidade” para mandar arrumar se ainda estiver dentro da garantia, sem contar o tempo que se gasta e o custo da viagem.

Comments(0)

Leave a Comment